Transtorno anxioas? generalizada?

O que é o transtorno anxioas? generalizada?

A ansiedade é um estado de emo?o nacional? incluído? ? em um ponto na normalidade, sendo correlacionada? na grande m?sur? com o estado ?alerta??? que tr?cada indivíduo na situação?ii significar?ie de real perigo físico ou a situação?ii social avaliativo.

o que ocorre na ausência?da situação?ii do perigo físico ou psicológico objetivos ou ao lado?tomar a emo?o nacional? é desproporcional?mencionou? como a intensidade ?eu durou? fa?? do presente perigo, influência?quando negativo o comportamento adaptativo, indica? em geral, a ansiedade patológica?.

No estabelecimento ?é a manifestação clínica? para confundir?de ansiedade estão envolvidos?o seu numero?eu fatores psicossociais, que se acumula? em uma pessoa? vulnerável?. para desenvolver um transtorno psicopatológicos? é condi?mencionou? psicossocial ?eu biologicamente.

Influência?eles psicossocial jogar? um papel importante na formação das vulnerabilidades??ii para o problema?ri psicopatológicos dac? ac?trabalho? cedo ?- os estendidos. Nos primeiros anos de vida??, na constituição da pessoa vulnerável, um papel importante pode jogar-se identificar?países insuficiente ou deformado com p?rin?ii ?eles, mais tarde, com o mergulhador?e os educadores, com pessoas próximas, com os tipos de heróis lidar?sócio-cultural. Também, psihotraumele repetido, a atmosfera 57 estressante? do durou? ?e frustrações?vários países pode contribuir para a situação de vulnerabilidade da pessoa. Neste contexto, a aprendizagem???s patológico pode ser vulnerabilizatoare, eles derivação a partir do id?países com adultos?ii com o comportamento aberrante, de atitudes deficiências ocorreu?nacional de p?rin?s ?eu educadores (ex: a atitude do cara ni?ou seja, puni?ou seja, hipercriticism, hiperprotec?ie), o qual pode causar a formação de uma crença de que as falhas ocorreram?nacional sobre si mesmo ?- os sobre o mundo em geral. Além disso, as atitudes parentais deficiências ocorreu?nacional pode? contribuir para a realização de deficiente? independência?ela, na acepção da progressão de anormal ?eu atrasada, para que jovens?número de adultos r?permanece muito dependente de p?rin?eu, de lugares familiares de protecção de outras pessoas perto de você. Tal deficiência ocorre com bastante freqüência em pessoas que desenvolvem? chateado?ri de ansiedade.

TAG debuteaz? insidiosa, a maioria dos pacientes?’observando com dificuldade o tempo ?suas circunstâncias?eles, no qual eles têm ap?rute, a sintomas de ansiedade da primeira vez.

 

Tabela de conteúdo

Quais são os sintomas do problema?de ansiedade generaalizate

Os sintomas de ansiedade??ii generalizadas são numerosos ?eu variadas ?eu posso ser agrupados em manifesto?ri:

  • subjetiva: sensação de perigo, difuso, não especificado, preocupações?ri injustificada fa?? de circunstâncias diferentes?é da via?? hipotético, a tensão psíquica?, a irritabilidade, a insônia de suspensão, interrupção do sono, dificuldades??sua concentração ?sua sobrevivência?? para aten?tomar, o que determina? hipomnezie de fixação ?i sc?a diminuição no rendimento de intelectiv.
  • somáticas ?eu vegetativo: são moderados na intensidade em comparação com aqueles em problemas?países de pânico? ?eu consistem em: palpitate?ii ?frequência?? coração? elevados, desconforto na respiração?ou seja, com senza?ie do peito bloqueado ?ar insuficiente, suspirou com freqüência, taquipnéia, tremores interior ou observáveis ao nível da extremit??’pequeno? escala, a tensão muscular?, o suor?ii palma, o plantio ?as axilas, incapacidade de relaxamento, desconforto epigástrico, boca seca?, dor de cabeça do tipo tensional, ap?sal, ame?eli, dor nas articulações
  • o comportamento observado: a inquietação?você ?ela psicomotora, instabilidade, de mim?que permanente? ?seu pedido de informação sobre os olhos, imitar? elas expressam? ele?espera tensa?, preocupação

Em geral, o estado da r?u ansioso é accentueaz? vesperal / noite ?- os em lugares desconhecidos.

Como diagnosticheaz? ?que é a evolução?tomar tulbu?da ansiedade generalizada

O diagnóstico positivo: é necessário? presença?os sintomas de ansiedade descrito na maioria dos dias por pelo menos?em alguns deles?o pt?semanas.

Comorbidade: o mais freqüente st?ri co-mórbidos são: depressão, consumo excessivo de álcool ?- os medicamentos. A incidência?a depressão como uma condição de comorbidade? a MARCA é valorizada? em func?ou seja, por autores entre 31-71% dos casos. St?países depressão são episódicos, a intensidade variável? ?na maioria dos casos é secundária a distúrbios?de ansiedade, sendo considerado como o lado?ii os sintomas anxioas? sever?. Em outros casos é mas? vem para o tratamento?dos dois? st?ri independente. O consumo de álcool ?e/ou drogas (geralmente sedativos) como um automedica?o ie ?eu mesmo uma denúncia de abuso, com uma prevalência?? 27-35% dos casos. Se? no período entre ini?o ial? o consumo de álcool tem efeito ansiolítico, homens?manutenção estendida? ?é o abuso de eu chegar a tempo? saliente ?? entre?em? sintomas anxioas?, criando um círculo vicioso de potencial?tem outro?, aspecto importante envolver?ii terapêutico ?seu prognóstico.

Diagnóstico diferenças?ial: eles fazem isso, em primeiro lugar, com a doença?operações somáticas, com o abuso de substâncias?é ?seus medicamentos ?sua retirada, a partir deles, que são passados para a virada?países do pânico?, mas ?com afeto?meses psiquiátricas: – a diferença?o início do transtorno de pânico? pode ser difícil? nos casos em que a sobreposição de ataques de pânico? espontânea. A dificuldade é determinada? a presença?a ansiedade??ii anticipatorii em indivíduos saudáveis?ii com a virada?ri de pânico?, o que é asem?n?tudo a partir do ponto de vista de uma perspectiva fenomenológica, com ansiedade generalizada?. A diferença?a iniciação é feito? por determinação do focaliz?de expectane?eles ou preocupações?o país.

Evolução?tomar é crônica?, flutuando?, mas com prognóstico favorável. A aparência do flutuante, com períodos alternados de assintomáticos ?eu exacerb?da durou? variável? sintomas de ansiedade está correlacionada? interferir?os períodos de estresse ?- os com a instalação complicada?s ou st?de comorbidade.

Tratamento de transtornos?da ansiedade generalizada

Tratamento medicamentoso:

  • benzodiazepínicos: são indicadas doses pequenas/médias pelo diazepam (20 – 30 mg/dia) ou doses equivalentes a outros benzodiazepínicos.
  • azapirona / buspirona: ansiolíticos nonbenzodiazepinice bem tolerado pelos pacientes?eu ?eu não determinar? o vício?? biológica?, é recomendável? em doses de 15 a 40 mg/dia. Em doses acima de 40 mg/dia têm ?eu efeito antidepressivo, sendo úteis no tratamento de casos com sintomas mistos?, anxioas? ?eu deprimido?.
  • antidepressivos: pode ser útil para a redução de sintomas de ansiedade (SSRI, SNRI, tricíclicos). A duração de tratamento de drogas entre?o suporte é de 6 a 12 meses. Porque uma proporção?ie significativamente? nos casos em que uma evolução?ie tempo?, é útil periodicamente? tente sc?a diminuição das doses para a interrupção da medica?tomar, com a retomada de sua dac? é necessário.

A duração de tratamento de drogas entre?o suporte é de 6 a 12 meses. Porque uma proporção?ie significativamente? nos casos em que uma evolução?ie tempo?, é útil periodicamente? tente sc?a diminuição das doses para a interrupção da medica?tomar, com a retomada de sua dac? é necessário.

Tratamento psicológico:

  • a psicoterapia de apoio? pode ser eficaz? em alguns casos. O fato de c? o paciente pode discutir os problemas ?dificuldades??ile sua em um ambiente seguro, c? nós são explicados alguns dos aspectos fisiológicos da ansiedade??ii ?eles é incentivada? fazer? fa?? a situação?de gerar ansiedade, tudo o que vai resultar em melhora dos sintomas.
  • a psicoterapia cognitivo-comportamental?: comportamental, técnicas de relaxamento (técnicas de auto-controlo), dac? são suficientemente carregada pode reduzir os sintomas anxioas? mas ?eles técnicas cognitivas ? ele destina-se a que?trabalho? a redução da freqüência?seus pensamentos negativos, alterando as crenças deficiências ocorreu?nacional, do qual deriva?. Crenças ?atitudes deficiências ocorreu?nacional pode ser modificado por argumentos ?eu, através da aprendizagem??tem, usando técnicas comportamentais adi?nacional;
  • psicoterapias focada em resolver o conflito intrapsihic, inspirar?ie psicanalítica?, pode ser útil em alguns casos, a seleção?mencionado. Também, a logoterapia, ou psicoterapias claro que? conflito de existência?ial da pessoa.

Em alguns casos ele é necessário para o tratamento da toxicodependência, quanto ?o psicológico utilitário de tratamento combinado ou sequência?o social, que será apreciado pelo psiquiatra na func?ie da peculiaridade do caso ?os resultados ob?obtidos.

Fonte: Psiquiatria-geral?, Editura Victor Babe?, Timi?tempo, 2014

Foto: 123rf.com

Autor