Chateado?os países do ciclo menstrual: tipos, causas, sintomas

pode ser regular ou irregular. Menstrua?informações podem ser reduzidos ou pesado, dolorosa ou indolor, longo ou curto. O monitoramento do ciclo menstrual é muito importante?, e a sua modificação pode representar um sinal de alarme?. Para descobrir o que ele significa? na verdade, esses transtornos?ri ? o que manifestam?ri, eu virei para o ginecologista Erna Stoian. Eai? o que diz o especialista para o Que está acontecendo?, médico?

Em geral, toda mulher precisa? ?empate data da última menstrua?ii ?duração do ciclo menstrual. O ciclo menstrual, o número?o rato sobre o primeiro dia de sangramento até o dia seguinte?o seguinte menstrua?ii, dura? em média 28 dias, com a variar?ii entre 21-35 dias.

A cada mês, um óvulo é liberado do ovário. Se? o óvulo não for fecundado ?sua gravidez não ocorre, o revestimento do útero desconecta, então? o que vestir? o nome do menstrua?ou seja. Durante o ciclo menstrual parecem mudar?ri hormonais que têm como objetivo preparar?preparação do endométrio para a gravidez.

Chateado?ri do ciclo menstrual por excesso de

Polimenoree

Polimenoreea representam? sc?a redução na duração dos ciclos menstruais em 21 dias ?eu pode ser determinado? de adnexitis, inflamar?ii pélvica, endometriose ou perturbação do sistema hipotalamohipofizar.

Menorragia ?eu hypermenorrhea

Hipermenoreea é menstrua?tomar com um abundante fluxo ?eu acho? geralmente com cre?o crescimento duração, mais de 8 dias.
As causas podem ser:

  • fibróides: uterinos, pólipos, hiperplasia do endométrio ou
  • geral, que afetam? coagulação do sangue.

Sangramento uterino deficiências ocorreu?nacionais

?Sob este nome que atender a todas as sangramento ginecológico, que o dep??esc limites fisiológicos ou que ocorrem fora da menstrua?tomar ?eles não são produzidos por uma lesão dos orgânicos? decelabil?. Ele?portanto, estas hemorragias deficiências ocorreu?nacional podem ap?mal o formulário? de menoragii ou sangramento uterino anormal.

Eles são a expressão do altar?os mecanismos fisiológicos que sustentam o ciclo menstrual: o desenvolvimento do endométrio, a ovular?levá-lo, declan?área ?e parando o menstrua?levá-lo. Frequentemente aparecem nos ciclos anovulatory?, ?manter o seu ginecologista Erna Stoian.

Metroragiile

é o sangramento ap?ruth? fora do período de menstrua?ou seja.

Causas:

  • aborto, gravidez extra-uterina?
  • lesões causadas pelo contato sexual ou de corpora str?ini intrauterini: dispositivos intra-uterinos anticoncepcional, manobras endouterine, de lewy str?ini entrar?eu acidentalmente ou de propósito, erótico
  • inflamar?ii crônicas ou agudas
  • tumores benignos ulcerada (útero, adenomiom, pólipos uterinos) ou maligno (câncer do corpo ou colo do útero).

Transtornos do ciclo menstrual pelo défice

Hipomenoreea

Representa a diminuição na quantidade? de seu fluxo menstrual ?eu geralmente passo? evolutiva? anterior? oligomenorreia ?ela amenorréia.

Hipomenoreea pode ser:
? o prefeito?: quando o fluxo menstrual é reduzido a partir do primeiro menstrua?ii. É determinado? uma hipoplasia uterina? (útero pequeno) ou insuficiência?de ovário? (secre?tomar hormonal do ovário está em sc?baixa?);
? o secundário?: quando a mulher menstrua?ii normal , mas, em algum ponto, o fluxo menstrual, diminui a quantidade, ele pode? aparecer? depois? aborto ou seguro?ii estresse.

Oligomenorreia ou spaniomenoreea

Representam? sc?diminuir a frequência?ela menstrua?de, mas cre?o aumento em uma linha? a duração dos ciclos , ao longo de 35 dias.

Amenorréia

Representam? ausência?para sângerarii menstrual ?eu pode ser:
? o prefeito?: quando a menarca (a primeira menstrua?ie) não é apresentado até que? na idade de 16 anos, estar atrasado? ?eu cre?o crescimento, mas ?eu mostrar-se?tomar de características sexuais secundárias (pêlos axilares?, pubiana?, glândulas mamárias). No caso em que o cre?o crescimento é adequado?tudo ?eles estão presentes sexuais secundários caracteres, o que eu acho? amenorréia primária?, este dac? a menarca não ocorrer até? com a idade de 18 anos;
? o secundário?: quando menstrua?tirar estava presente?, mas ele parou um intervalo de tempo, um mínimo de 3 meses.

Amenorréia é considerado normal?: na criança?ana, até? na idade de 12 a 14 anos, quando a menarca. Na puberdade, depois? a instalação da menarca, amenorréia, de 2 a 6 meses, é normal? na gravidez, al?o pt??eu na menopausa?.

Amenorréia uterina?

Causas:

  • malforma?ii cardiopatias congênitas com ausência?do útero, cavit??ii útero ou do endométrio, hipoplasia do colo do útero? (útero pequena); a remoção cirúrgica? do útero, este pode ser enquadrado ?eu síndrome da feminização testicular? (46 XY)- a pessoa em questão? tem o caráter feminino, é geneticamente b?o homem, e o interno, órgãos genitais são do tipo macho
  • sinechia colo do útero? ?representam? a anexação de pêras?do útero, o ap?bad depois? a infecção?ii tipo de tuberculose dos órgãos genitais, ou depois? chiruteajul cavit??ii uterina, que depois? na?parto ou aborto
  • metroza de receptividade: quando o útero não está mais r?responder ao estímulo de hormônios ovarianos.

Característica amenorréia de causa? uterina? é a falta do r?resposta a administração de progesterona.

Amenorréia ovário?

É determinado? uma falha?? de secreção?tomar hormônios sexuais do c?tre ovário ?eu também mostrar? por mostrar-se?tomar menstrua?assumir a administração exógena? de preparações hormonais .
Causas:

  • condi?ii fisiológicas: antes da puberdade, depois? a menopausa?, depois? na?tere ?e depois? o aborto, quando a secreção?tomar hormonal – ovário? está em sc?visto?
  • dysgenesis ou agenezii gonadal: são anomalias congênitas de dados, a falta ou a formação de incompleta? dos ovários (síndrome de Turner)
  • hipoplasia do ovário?, pode ser congênita? ou adquirida?: menopausa precoce ou induzido?, estro-progestativi em pequenas doses ?sua prolongada, então? radioterapia
  • as distrofias de ovário: ovário policístico
  • ovário, tumores endócrinos, qual o segredo? ou estrógenos ou andrógenos
  • asinergia hipófise-ovário?: síndrome do ovário nefunc?o nacional ?eu síndrome do ovário resistente à gonadotrofinas; neste caso, os ovários têm aparência normal, mas não r?responder a estimulação hormonal? ou r?responder apenas em doses muito elevadas.

Amenorréia neuro-eixo hipotálamo-hipófise?

Também mostrar? por gonadotropic hormônios sexuais sc?zu?- os no sangue ?sua urina? (FSH, LH) ?eu com r?responder positivamente à administração de LRH ou clomifeno.
Estas formas de amenorréia são as consequências?um anormalidades morfo-func?o banco nacional da glândula pituitária ou neurohipotalamuslui.
Causas da hipófise:

  • insuficiência?da hipófise?
  • a síndrome de Sheehan, causada por necrose da glândula pituitária, como resultado de uma hemorragia maciça durante a an?crescimento
  • tumores hipofisários, mais comumente prolactinoame.

Amenorréia neuro-eixo hipotálamo? tem uma etiologia metamorfose? ?eles complexo?:

  • oligophrenia, epilepsia, depressão, anorexia
  • chateado?ri psihoafective, estresse ?choques emocionais
  • depois? administração de medicamentos: clorpromazina, reserpina, fenotiazinas, a administração prolongada? do estro-progestágenos.

Amenorréia endócrino?

É a amenorréia, que ocorre no comprometimento de glândulas endócrinas diferente da hipófise ou do ovário:

  • doenças da tireóide: hipertireoidismo, hipotireoidismo
  • doenças da córtex supra-renal: a síndrome de Cushing, hiperplasia congênita? o corticosuprarenal?, adrenal, tumores, Doença de Addison.

Amenorréia de causa? geral?

Amenorréia é associado? algumas razões gerais:
– doenças metabólicas: underfeed?ou seja, diabetes mellitus, obesidade, hemocromatoz?
a origem – com raiva?: mudando a forma de vida?? ou clima, emo?ii forte, negativa ou até mesmo positivo (choque psicológico), anorexia mental?.
Oligomenorreia ou amenorreia pelo estado de origem da raiva? é relativamente comum?.Se? o estresse do ac?mencionou um período? curto? tempo ?eu não estava forte, o retorno do ciclo menstrual normal é feito de forma espontânea. Às vezes, o estresse pode levar ?um secre?ie de prolactina?, neste caso, amenorréia associada ?com galactorréia.

A síndrome pré-menstrual

Síndrome pré-menstrual, conhecida ainda? nos tempos antigos, é um conjunto de perturbações?ri função?nacionais . Eles aparecem 5-6 dias antes da menstrua?o ie ?eu desaparecer no primeiro dia do menstrua?pegar ou depois? a sua conclusão. Fatores favorizan?eles são: idade (entre 18 a 35 anos), estilo de vida sedentário, inflamar?o pélvica ?fatores psíquicos: emo?o poderoso conflitos conjugais ou familiares, etc. a Etiologia ainda é? incompleta?, existem diferentes teorias: falha?tem progesteronic?, hipersecre?ie hormonal? no hipotálamo ?eu adenohipofiza ou teoria alérgica?.
Os sintomas podem ser agrupados da seguinte forma:

  • mamária: cre?o crescimento do volume das mamas, dor mamária espontânea , acentuados pelo toque ou a mim?que; na palpação pode sim?ela nódulos f?r? adenopatia axilar?;
  • abdominopelvic: inchaço, sensação?ie peso na pelve, difuso dor com irradiação lombar?, bexiga? ?eu retal?, acentuados por esforço ?eu orthostatism
  • neuro-psiquiátricos: irritabilidade, ansiedade ou depressão, insônia ou sonolência??, enxaquecas, melancolia, astenia, etc.

A estes devemos acrescentar? sintomas neuro-vegetativos intensidade diferente?, que pode causar problemas?ri para os vários órgãos:

  • cardiovasculares: dor precordial, latejante?ii, extrasystoles, edema
  • sistema digestivo: o gre?sites, v?rs?vômitos, discinesia biliar?, recaída hemorroidária
  • chateado?ri micção: pollakiuria, disúria, dor na bexiga?
  • chateado?ri respiratório (asma, laringit?),
  • o manifesto?ri de pele: acne, seborréia, herpes, prurido anal e vulvar
  • o manifesto?ri alérgica: prurido, urticária, v? alérgica?, edema de Quincke, crises de asma.

O tratamento da síndrome pré-menstrual podem incluir: dieta? – sódio?, diuréticos, hormônios (anticoncepcionais orais combinados ou progesterona de síntese?), os anti-histamínicos (antialérgicos drogas), sedativos e psicoterapia.

A síndrome, intermenstrual

A síndrome, intermenstrual crise é doloroso? intensidade ?eu durou? variável?, o que é acompanhado?é?um metrorrhagia reduzido?, o que ocorre na metade do ciclo menstrual. É determinada pelo processo de ovulação?levar: ruptura explosiva? de um folículo ovariano supradestins, com a liberação do óvulo ?eu tive um pequeno sangramento. Ocorre em mulheres jovens, a média de idade do show?ie, sendo 30 anos de idade. A dor pélvica pode ser aguda, de algumas horas, ou o surdo, por que você está tomando?1-2 dias. Metroragia seguir? a dor pode ser em forma? secreção?ie vaginal? sangvinolent?, alguns pouco?vómitos com sangue de cor escura?. Isso durou? ?quantidade é asem?n?todos os menstrua?levá-lo.

Às vezes, ele pode par ?outros sintomas: gre?sites, v?rs?vômitos, dor de cabeça, vertigem, se preocupar?ou seja, palpitate?ii, a tensão mamária, etc. Estes sintomas explicar? por irritar?tomar peritoneal? causou? removendo o peritônio de uma pequena quantidade??o seu sangue, como ?por congestionamento ?eu imbibi?tomar apoas? determinado? de estrógenos.

Além disso, as lesões associadas: infecções?os órgãos genitais, tumores benignos (miomas, pólipos cervicais), endometriose, retroversia uterina pode promover a aparecer?tomar síndrome intermenstrual.
Tratamento nas formas com sintomas discretos? ele soma-lo? no descanso físico; nas formas de ambientes, eles recomendam? analgésicos, de sedativos. Raramente é necessário? inibição da ovulação?tomar ?administração do estro-progestativelor o inquérito?. Vai tratar também lesões inflamatórias, tumores ?eu endometriose.

Dismenorréia

A dismenorréia é o conjunto de fenômenos locais e gerais durante menstrua?tomar, principalmente se manifesta por dor pélvica? ?sua lombar?. A dismenorréia pode ser

  • o prefeito?:quando se instala? na puberdade. A etiologia da dismenorréia primária ainda é? incompleta?, estar envolvido? ?um hiperproduc?ie de prostaglandinas?turi fatores neuro-psíquica ?ela neuro-vegetativa;
  • func?o nacional? ?eu secundários?, quando se instala? mais tarde, no curso de sua vida?ii as mulheres (de 25 a 30 anos), tendo frequentemente uma causa? orgânico?. Na dismenorréia secundária? ele está presente? com freqüência, uma patologia orgânica?: miomas uterinos, pólipo cervical, estenose do colo do útero?, cisto de ovário, anteversão do colo do útero?, endometriose, inflamar?ie pélvica? crônica? etc.

Tratamento sintomático, que visa reduzir a dor ?seu desconforto, const? na administração de: anti-inflamatório, analgésico e antiespasmódico. O estabelecimento de terapias com progestinas de síntese? ou estro-progesterona pode diminuir ou remover?shift dismenorréia. Na dismenorréia secundária?, o tratamento deve? ser etiológico: extirpação de tumores, o tratamento da infecção?de inflamar?de endometriose, etc.

Além disso, a psicoterapia, m?as medidas de higiene (exercício?a física regular, atividade??ile ao ar livre, evitar fumo, álcool, alimentação?para fazer isso?n?saudável?, evitar a vida sedentária de estilo) ?a administração de cálcio e vitamina melhorar? viagens?levá-lo para o nível de pélvico ?de ajuda? a redução da dismenorréia.

Como fazer o diagnóstico

Na maioria dos casos, deregl?países menstrua?não são patológicas. Para o tratamento de distúrbios?de menstruação é necessário estabelecer as causas que levaram a esses problemas?o ri.
o diagnóstico é feito com base em :

  • história cuidadosa, que precisamos? revelar circunstâncias?elas aparecem?tomar sanger?e, os caracteres sanger?o país (tomar?, cor, abundante?), tarefas, a an?teri, abortos anteriores, condição?iuni ginecológico no passado, as intervenções?ii obstétrica história ou outra condição?operações gerais
  • geral exame clínico: o que pode revelar ?outros sinais clínicos causados pela interrupção da secreção?tomar hormonais ou sinais de outras doenças que podem influenciar?ele ?i função?os órgãos sexuais (hipotireoidismo, hipertireoidismo)
  • exame clínico do sistema reprodutivo: inclui a inspeção?tomar a genitália externa, não é?auto vaginal ou retal, como assim ?eu o exame, com a válvula.

Em func?ie dos dados ob?obteve, assim, o médico pode selecionar quais são investigar?o laboratório ainda é necessário:

  • exame cyto-bacteriologia da secreção?tomar vaginal
  • Teste de Papanicolaou
  • ultra-som endovaginal?
  • colposcopia, histeroscopia, hysterosalpingography
  • biópsia
  • o teste?ri hormonal
  • o exame de urina
  • exames de sangue para o diagnóstico de uma doença.

Como proceder??rag? tratamento

Tratamento de transtornos?menstrual é feito em func?ie etiologia ?eu variar? do resto ?I m?suri higiênico-dietético, tratamento hormonal, antiinfec?ios? no tratamento cirúrgico.

?Os formulários u?agora, dismenorréia, síndrome pré-menstrual ?eu intermenstrual, ca ?eu amenorréia ou oligomenorreia da pergunta? com raiva?, pode exigir apenas descansar fisicamente ?eu emo?nacional, a modificação do regime de vida?? ?eu incorporar o exercício físico?e física regular, passar tempo ao ar livre, a correção da alimentação?levar os homens?manter um peso??seu corpo normal, desistir?área de fumadores, álcool, um regime de dormir corretamente?tor, etc.

O tratamento com preparações hormonais é usado no caso em que a causa do problema?menstrual é uma deficiência dos mecanismos hormonais, responsável pelo trabalho.operação normal? para ciclos menstruais. Condição?ações inflamatórias ?a infecção?doenças infecciosas benefícios? de tratamento etiológico.

A curetagem cavit??ii o útero pode ser necessário para que o tratamento hemostático, para parar o sangramento abundante, como ?para a conclusão do diagnóstico ?permitir a colheita do produto patologia para a biópsia. O tratamento cirúrgico é necessário para a remoção de tumores, correção de malforma?ii ou remover?remoção de aperto?e (sinechii)?, adicionar? médico Erna Stoian.

 

 

 

Autor